Conheça a história do Bordado Luneville

Publicado dia 28 de junho de 2019

Uma das técnicas mais usadas em bordados de Alta Costura, o Luneville precisa de um bastidos, uma agulha especial e pedrarias.

Essa técnica nasceu na França do século XIV, na região de Lorraine, por volta do ano 1810 com a presença frequente dos duques no Château de Luneville.

O bordado se desenvolveu nas mãos das habilidosas bordadeiras que, de início, trabalhavam apenas com fios, buscando imitar o aspecto de algumas rendas sofisticadas da época, tudo sobre tule de algodão. Surgiu assim o “Point de Luneville”, caracterizando os pontos que formam cada elo do bordado.

A técnica de Luneville tomou ainda mais fôlego ao realizar lindos bordados para delírios de consumo da imperatriz Josefina, esposa de Napoleão e que ditava a moda na época. Mas foi por volta de 1865 que o artesão e empresário chamado Louis-Bonnechaux Ferry revolucionou a tecnica, inventando o bordado com pérolas e lantejoulas.

Entre os altos e baixos, a técnica permanece viva até hoje, e a venda da Lesage (principal Atelier e Escola de Bordado) para a Maison Chanel em 2002 foi uma forma de manter viva a tradição artesanal.

Hoje, a técnica é conhecida e utilizada no mundo todo.